rabino-profecia-03

Mas não são apenas os cristãos “apocalípticos” a “efervescer” com estes sinais proféticos vindos destas regiões do Norte de Israel. Neste fim de semana a imprensa “haredi” (religiosa ortodoxa) em Israel noticiou que o rabino-mor do tribunal rabínico de Jerusalém, Moshe Shternbuch, anunciou aos seus discípulos que chegaram até nós os tempos do Messias. 

rabino-profecia-01

Profecia do rabino:

PROFECIA DO RABINO VILNA GAON

 

 

Mas não são apenas os cristãos “apocalípticos” a “efervescer” com estes sinais proféticos vindos destas regiões do Norte de Israel. Neste fim de semana a imprensa “haredi” (religiosa ortodoxa) em Israel noticiou que o rabino-mor do tribunal rabínico de Jerusalém, Moshe Shternbuch, anunciou aos seus discípulos que chegaram até nós os tempos do Messias. E a fonte desta análise profética é o próprio expoente máximo de sempre entre os sábios judeus, o próprio Vilna Gaon, denominado “o gênio de Vilnius.”

 

VILNA GAON, “O GÊNIO”

 

Segundo Shternbuch, ele é o portador de um segredo rigorosamente guardado ao longo de séculos, uma profecia oriunda do próprio rabino Gaon, pouco antes da sua morte, desde o 18º século até aos dias de hoje: “Quando ouvirem que os russos capturaram a cidade da Crimeia, devereis entender que os tempos do Messias começaram e que os Seus passos estão sendo escutados. E quando ouvirdes que os russos chegaram à cidade de Constantinopla (actual Istambul), devereis vestir as vossas roupas de Sábado e não as tirar, porque isso significa que o Messias virá a qualquer minuto.”

Segundo a interpretação do rabino Moshe Shternbuch, estas poderão ser as “campaínhas da redenção” que anunciam a chegada de algo ou de alguém importante…

Só Deus sabe. Uma coisa é certa: a cada dia que passa os sinais vão-se avolumando, e só os mais cépticos ou distraídos não conseguem perceber estes sinais dos tempos…

Shalom, Israel!

Para lembrança, sabemos que a pouco tempo a Rússia ocupou, e trouxe a crimeia para o estado russo novamente. Com isso foi cumprida a primeira parte dessa profecia.

Agora vamos conhecer quem é essa Constantinopla no mundo de hoje.

 

Constantinopla

Em 29 maio de 1453 o sultão Mehmet II conseguiu romper as muralhas de Constantinopla e invadir a cidade. Um evento tão marcante que passou a ser considerado como início da Idade Moderna. Constantinopla foi rebatizada de Istambul e, pode-se dizer, sua história confunde-se com a história das civilizações. Esta é uma cidade de contrastes, começando por suas inúmeras e belíssimas mesquitas, e por uma sociedade ainda machista, com homens passeando de mãos dadas, mulheres com o corpo e rosto envolto em véus, lado a lado com jovens vestidas com típicas roupas ocidentais. Um pouco confusa, algo agitada, bastante religiosa e totalmente surpreendente, Istambul é um lugar cheio de revelações. É um daqueles destinos que a gente escolhe quando procura algo bem diferente.Lembrando que ela é um das principais cidades da Turquia.

 

Mehmet II

 rabino-profecia-02

“ Maomé II (em turco otomano: محمد ثانى; transl.: Meḥmed-i s̠ānī), também conhecido como Mehmed II ou Mehmet II, pelo epíteto o Conquistador (em turco otomano: الفاتح; transl.: el-Fātiḥ), ou ainda, em turco, Fatih Sultan Mehmed (30 de março de 1432 — 3 de maio de 1481) foi sultão do Império Otomano em duas ocasiões, a primeira em 1444–1446 e a segunda em 1451–1481.1 2 3 Foi o primeiro soberano otomano a reclamar o título de califa, o soberano supremo de todos os muçulmanos, e César de Roma, o soberano supremo de todos os cristãos, além dos habituais títulos de rei, sultão (o soberano de um estado muçulmano), han ou cã (soberano turco) etc.

Dois anos depois de subir ao trono em 1451, Mehmed terminou com o Império Bizantino, ao capturar Constantinopla em 1453 (durante o conhecido Cerco de Constantinopla), e outras cidades Bizantinas da Anatólia e dos Bálcãs. A invasão de Constantinopla e campanhas bem sucedidas contra pequenas monarquias nos Balcãs, Crimeia, e territórios turcos na Anatólia conferiram-lhe respeito por parte das outras potências, passando o estado de Otomano a ser reconhecido como um império pela primeira vez. O avanço de Mehmed em direção ao centro da Europa terminou com o mal sucedido Cerco de Nándorfehérvár (atual Belgrado) em 1456.

O seu reinado, marcado principalmente pela captura de Constantinopla, tornou-se também célebre pela tolerância excepcional com que tratou os seus súbditos, especialmente os bizantinos por ele subjugados. Estabeleceu dentro da cidade uma comunidade religiosa autônoma, nomeando o antigo Patriarca como governador da cidade de Constantinopla”.

 Fonte : http://pt.wikipedia.org/wiki/Maom%C3%A9_II,_o_Conquistador

 

Podemos observar que depois da Crimeia, que se encontra do lado norte do mar negro e quando pensamos em Israel o próximo território é a Turquia. Com isso observamos que essa cidade Istambul, ela é uma cidade costeira e que tem um canal muito importante ( Canal de Istambul ),como também é muito estratégico tanto sócio econômico, como militar. Pois com o acesso a essa cidade ( Istambul ) a Rússia terá o canal que faz o acesso ao mar mediterrâneo  e consequentemente a costa de Israel.

Por outro lado vemos que o homem do pecado,esta mudando seu trono de Roma para Jerusalém. Pois ele quer se assentar no lugar de Deus como Deus. Como a profecia diz em isaias. E ele sabe que o começo do cristianismo não foi em roma, mais sim em Jerusalém. Então ele que trazer seu poder para Jerusalém.

E hoje no dia 24/05/2014 ele começou sua peregrinação a Israel, querendo trazer o acordo que da poderes a igreja romana tomar posse do monte Sião. Com isso ele enganará o mundo com uma mentira mostrando que a igreja romana, foi a igreja primitiva dos apóstolos.

Mais quão maravilhoso é termos um profeta que nos mostrou antes que a Rússia foi levantada para comer a carne da prostituta, ela está farejando o seu sangue que está descendo para Jerusalém.

Meus irmãos vemos que  essa profecia deste rabino esta se cumprindo, e se mostra ser um profecia de Deus. pois a primeira parte da profecia já se cumpriu, e creio que muito em breve ira se cumprir a outra parte.

Deus nos dê cada vez mais olhos para ver os acontecimentos modernos que são esclarecidos por profecias.

 

1453: Constantinopla é tomada pelos turcos

 

No dia 29 de maio de 1453, as tropas do sultão Mehmed, o Conquistador, tomaram Constantinopla. Ele pretendia transformar a cidade na capital de um império otomano. Mehmed rebatizou o antigo centro da cristandade ortodoxa para Istambul. O cristianismo não foi proibido, mas a religião oficial passou a ser o islamismo.

 rabino-profecia-03

Mesquita de Ortakoy, em Istambul

No ano 395, o império romano se dividiu, e a sua parte oriental tornou-se o centro do poder. Sua capital era Bizâncio, um centro comercial da Antiguidade localizado no estreito de Bósforo, que foi rebatizada posteriormente como Constantinopla pelo imperador Constantino, o Grande. O círculo cultural do império bizantino era greco-romano e a religião era a cristã por imposição do imperador, convertido ao cristianismo. Isso durou mais de um milênio. Até que, em 1453, tribos turcas das estepes da Ásia Menor tomaram a cidade.

Paz enganadora

“Os osmanlis eram inicialmente bastante pacíficos e não chamaram a atenção dos bizantinos. Segundo mostram as pesquisas mais recentes, os osmanlis eram até muito úteis aos bizantinos, pois se dedicavam à pecuária e contribuíam para o abastecimento de Constantinopla”, afirma o professor Peter Schreiner, professor e especialista do assunto na Universidade de Colônia.

A paz temporária era enganadora. Para uma cidade medieval, Constantinopla era gigantesca, chegando a ter 300 mil habitantes. Mas a megalópole enfraqueceu-se ao longo dos séculos e sua população caiu para apenas 30 mil habitantes. O império começava a se esfacelar.

Segundo Schreiner, “essas fragilidades foram consequência da tomada de Constantinopla pelos cruzados em 1204: o império bizantino se desfez em inúmeros pequenos impérios, cuja fraqueza militar foi notada pelos osmanlis”.

Em 1453, o sultão Mehmed 2° invadiu Constantinopla. Ele sonhava com um império otomano mundial e Constantinopla deveria ser a sua capital. Mehmed logrou executar duas ações surpreendentes. Em primeiro lugar, mandou fundir um novo tipo de canhão, os maiores do mundo na época. Com eles, a muralha da cidade foi destruída.

Depois, postou 70 navios de guerra diante do porto. Numa ação noturna, praticamente “pela porta dos fundos”, suas tropas levaram os navios, do mar para o porto, através de uma estreita faixa de terra. O imperador Constantino, um descendente do lendário primeiro imperador cristão, viu então sua cidade cair nas mãos dos turcos.

Kritobulos de Imbros descreveu a reação do imperador: “Quando viu que os inimigos o acuavam e entravam gloriosamente na cidade, através das brechas na muralha, ele teria dito suas últimas palavras – ‘A cidade está sendo conquistada e eu ainda vivo?’ E pulou no meio dos inimigos, sendo massacrado”.Islamismo torna-se religião oficial.

Das metrópoles européias da época – Roma, Veneza e Gênova – não veio qualquer ajuda. Elas estavam inteiramente concentradas em suas próprias querelas, e há muito, o império bizantino tinha deixado de ser interessante. O sultão Mehmed rebatizou o antigo centro dos cristãos ortodoxos: o que inicialmente era Bizâncio, depois Constantinopla, passou a se chamar Istambul.

A religião cristã não foi proibida, mas o islamismo tornou-se a religião oficial. Logo, os símbolos cristãos nas igrejas foram substituídos por símbolos islâmicos. E é nas igrejas que se pode, ainda hoje, buscar os resquícios daquela época.

O professor Peter Schreiner afirma: “É na Hagia Sophia que se pode encontrar a maioria desses resquícios, pois foi a primeira a ser transformada em mesquita, logo depois da conquista pelos turcos. Nessa igreja existe ainda grande parte da ornamentação da época bizantina” .

O império otomano teve um apogeu que durou um século. E depois, durante cem anos, ele esfacelou-se paulatinamente. Com a Primeira Guerra Mundial, deixou de existir. Foi criada a moderna República da Turquia. O que permaneceu foi sua capital, cuja história registra os três nomes: Bizâncio, Constantinopla, Istambul.

 

Ir Carlos Batista

 

falecom@avozdedeus.org.br

 

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -