Image

Texto da mensagem do profeta em chinês

"Lidere, siga… ou saia do caminho."

É fato que o entendimento bíblico não é para todos e aqui independe de a pessoa saber ler ou escrever, não é sobre isso que estou a falar. Hoje, especialmente no tempo em que vivemos qualquer pessoa se acha no direito de interpretar e fazer apologias sobre a Escritura Sagrada mesmo sem ter o menor preparo e nem chamado para essa árdua tarefa. Esse estratagema do diabo é justamente para trazer o descrédito sobre aquilo que é correto e que de fato deve ser creditado fé. Com o advento da Internet ficou difícil impedir o povo de ser esclarecido das coisas certas. Em tempos remotos a informação era manipulada, escondida, reprimida e geralmente o povo sabia o que interessava aos líderes e quando sabia era só o conveniente as classes dominantes. O velho ardil da igreja católica romana de chamar de falso e ismo o que os incomodava continua, apesar de ser um argumento caduco. Um assunto de capital importância está em voga, é a Terceira Puxada. É completamente óbvio que o irmão Branham é o anjo de Apocalipse 10:7. Apesar disso qual o motivo que leva os líderes a ignorarem o Anjo de Apocalipse 10:1 que é Cristo? Vejamos a confusão: pregam que o irmão é mensageiro de Apocalipse 10:7, mas isso só é possível se Apocalipse 10:1 se cumprir primeiro. A Escritura de Apocalipse 10:7 não é referente à Laodicéia, pois o anúncio é que o mensageiro revelaria TODOS os mistérios de Deus e Laodicéia não saberá segredo algum. Observe que o versículo 8 mostra que o Livrinho é dado a Noiva não a Era de Laodicéia. Aqui surge um problema que os líderes criaram: se o irmão Branham é o anjo de Apocalipse 10:7 o sétimo selo já foi revelado e não mais há mistério algum oculto. Alguém poderá dizer: o sétimo selo não foi revelado só os seis primeiros seis o foram. Bem, quem pensa assim tem duas maneiras de justificar tal pensamento: O irmão Branham vai ressuscitar para pregar o sétimo selo. Se isso fosse verdade uma Escritura estaria quebrada Hebreus 9:27 “…Aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo,depois disso, o juízo” mesmo ao mais fiel à Mensagem essa Escritura fala mais alto, ela é inviolável. A Bíblia fala em Cinco vindas da virtude e poder de Elias: Elias o Tisbita, Eliseu, João Batista, Irmão Branham e Elias em Apocalipse 11. Lembre-se Elias o Tisbita não morreu. Você pode perguntar: E Moisés, ele não morreu? Morreu mas seu corpo viu a corrupção? Não, o diabo disputou seu corpo, mas não prevaleceu, Judas 9. Caso o irmão Branham “quebre” a Escritura e venha mais vez, então teremos seis vindas de Elias e não cinco e isso seria completamente fora de questão. Lembre-se do ensinamento da mensagem A PALAVRA FALADA É A SEMENTE ORIGINAL 2ª Parte “Anjos celestiais não podem pregar o Evangelho”. Se o irmão Branham fosse pregar novamente seu corpo deveria ser de carne e osso o que é fora de cogitação, pois se assim fosse quem o chamaria dos mortos?Se você me disser que é a Noiva ela já terá o poder da Palavra Falada e não precisará mais do sétimo selo para obtê-lo. Se for um indivíduo quem será?Teríamos um batismo individual e não coletivo Jesus chamou Lázaro, mas não poderá chamar o irmão Branham a menos que use um homem.  Se pensarmos assim entraremos em um campo hipotético e opiniões de “achismos” e doutrinas insanas. Mas os homens gostam de monopólios de poder e de argumentações que nem se fazendo um esforço de credulidade conseguimos sustentar seus argumentos. Há um grande poder que se configura no Brasil sobre os demais, um poder de domínio que se baseia na presunção de legitimidade. Penso: Por que invadem igrejas e destituem pastores a pretexto de não crerem corretamente? Por que legitimam a perseguição? Onde está a autonomia que o pastor tem sobre sua igreja? Um e-mail respingado de mágoas e rancores e descontentamentos é amparado como um grito de socorro? Faccionam igrejas, colocam pastores que não “produziram” ovelhas, mas que se acham no direito de agredir e mandar em outros pastores como se fossem os salvadores da pátria, pastores esses que nunca se acertaram onde passaram e se não fossem patrocinados não conseguiriam per si nenhum êxito. Esses espíritos são os que confundem o povo. A inconstância doutrinária é o pior, os problemas do baixo que não nos interessam caberão a cada indivíduo responder, lembrem-se a voz do povo não é a Voz de Deus. Doutrinariamente estamos seguros naquilo que o profeta ensinou e está completamente provado pelos fatos e argumentos históricos.

Image

"A diferença entre um chefe e um líder: um chefe diz, 'Vá! ' – um líder diz, 'Vamos! '" (E. M. Kelly).

E quanto aos Selos?

Os Selos foram abertos no Céu conforme Apocalipse 5 uma vez que o Livro selado foi aberto lá, observando atentamente Cristo em Apocalipse 10:1 já está com o Livrinho aberto e o mensageiro de Apocalipse 10:7 que é um homem é o instrumento usado para a transmissão dos segredos. Prezado leitor, o livro de Apocalipse foi escrito por volta do ano 98 d.C e ficou com essa escritura, Apocalipse 10 por cumprir-se por 1900 anos, e eu lhe afirmo que já foi cumprida no ministério do profeta William Marrion Branham. O sentido do ministério do profeta foi a revelação dos Sete Selos, não a manifestação de cura divina somente. O ministério do Filho do Homem, sendo que FILHO DO HOMEM é Cristo, manifestou-se plenamente no irmão Branham.  Enquanto resquícios de Laodicéia permanecerem entre alguns pastores e é aí que afirmamos que a Era não acabou para eles, uma vez que o sistema lhes ata e lhes amordaça para não falarem as verdades ao povo, Laodicéia é um sistema satânico cujo principal interesse é abafar as verdades de Deus. Amando o ministério do irmão Branham e sua Mensagem, dizer que falta a revelação do sétimo selo é completamente excêntrico e sem firmeza bíblica, afinal o irmão Branham já partiu, foi profeta para Laodicéia, mas foi rejeitado por ela, porém os eleitos e esses sem dificuldades, sem arranjos pirotécnicos, sem dividir Deus em vários corpos e sem doutrinas de dominação e manipulação do povo, sim os eleitos aceitam a palavra do irmão Branham. Mais uma vez colocarei o texto que foi incluso na mensagem O SÉTIMO SELO em inglês, explicando o motivo da palavra que o profeta incluiu na segunda-feira após a revelação dos Selos. Conclamo os pastores do Brasil que afirmam que os Selos não foram abertos para tentarem explicar o óbvio.

A nota que os senhores lerão está no Site da Voice of God Recordings cuja seriedade com relação às mensagens do profeta, tradução e impressão, estão fora de qualquer questionamento:

THE.SEVENTH.SEAL  JEFFERSONVILLE. INDIANA MONDAY 63-0324E 574-1  {376} 

You have just finished hearing the original "Seventh Seal" as it was preached in its entirety on Sunday evening, March 24th, 1963 at the Branham Tabernacle in Jeffersonville Indiana. Brother Branham did not want this original recording released. The next day, Monday, March 25th, 1963, Brother Branham went to the motel room of Brother Fred Sothmann and Brother James Maguire who were at that time in charge of making the tapes. Brother Branham told these brothers, "I don't want this message sent out the way it is." After listening to the tape himself, he instructed the brothers to stop the tape at a certain point, and at that point–(beginning of paragraph number 261)–recorded a new portion of approximately twenty minutes in length–(paragraph 377-414). This new portion was then used in place of the original ending–(paragraph 261-373). This recording was the only released version of the "Seventh Seal" until 1966. After Brother Branham left the scene, the board of the William Branham Evangelistic Association unanimously agreed to release the tape originally recorded at the Tabernacle. Since that time, both versions have been available. We have now placed this additional message of Brother Branham on one tape, with the original "Seventh Seal." The next voice you hear will be Brother Branham in the motel room on Monday, March 25th, 1963–Ed.

 Tradução:

“Você terminou de ouvir o original do “Sétimo Selo” como foi pregado na íntegra no Domingo à noite, Março dia 24 de 1963, no Tabernáculo Branham em Jeffersonville Indiana. O irmão Branham não quis que a gravação original saísse. No dia seguinte, Segunda-Feira, 25 de Março, 1963, Irmão Branham foi para um quarto de hotel do irmão Fred Sothmann e irmão James Maguire que eram naquele tempo encarregados pelas fitas. Irmão Branham disse para aqueles irmãos,” Eu não quero que esta mensagem saia da forma como está”. Depois de ouvir a fita ele mesmo, ele instruiu os irmãos para parar a fita em certo ponto, e aquele ponto—(começando com o parágrafo número 261)—gravou uma nova porção de aproximadamente vinte minutos de duração—(parágrafo 377-414). Esta nova porção foi usada no lugar do fim original—(parágrafo 261-373). Esta gravação foi a única versão divulgada do “Sétimo Selo” até 1966. Depois que o irmão Branham saiu de cena, o quadro da Associação Evangelística William Branham unanimemente concordou em divulgar a fita original gravada no Tabernáculo Branham. Desde aquele tempo, ambas as versões estão disponíveis. Nós temos colocado esta mensagem adicional do irmão Branham em uma única fita, com o original “Sétimo Selo”. A próxima voz que você ouvirá é do irmão Branham no quarto de hotel na Segunda-Feira, Março 25, 1963—Ed.”. Observação: Veja que em inglês se diz motel room, em uma tradução leviana, sem levar em conta aspectos culturais, e traduzindo ao pé da letra seria quarto de motel.Nos Estados Unidos são hotéis à beira de estradas que oferecem serviços de acomodações aos hóspedes e aos veículos, AUTOMOBILE, não tendo o significado vulgar que temos no Brasil.

Essa nota deve estar no Sétimo Selo traduzido para o português. Por que não colocaram?

Pastor Sérgio Ricardo

Image

falecom@avozdedeus.org.br

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -