imperitosA nós foi avisado pelo profeta Paulo de Tarso, que teríamos tempos trabalhosos nos dias atuais, especialmente quando lemos 2ª  Epístola a Timóteo capítulo 3. Encontramos uma lista do varão imperfeito e os nomes de dois personagens que Paulo nomeou, disse-lhes os nomes: Janes e Jambres.

 imperitos

Os imperitos

 

13 Zenam legis peritum et Apollo sollicite instrue, ut nihil illis desit.

14 Discant autem et nostri bonis operibus praeesse ad usus necessarios, ut non sint infructuosi.

15 Salutant te, qui mecum sunt, omnes. Saluta, qui nos amant in fide. Gratia cum omnibus vobis.  

 

13 Acompanha com muito cuidado Zenas, doutor da lei, e Apolo, para que nada lhes falte.

14 E os nossos aprendam também a aplicar-se às boas obras, nas coisas necessárias, para que não sejam infrutuosos.

15 Saúdam-te todos os que estão comigo. Saúda tu os que nos amam na fé. A graça seja com vós todos. Amém.

 

Tito 3:13-15

A nós foi avisado pelo profeta Paulo de Tarso, que teríamos tempos trabalhosos nos dias atuais, especialmente quando lemos 2ª  Epístola a Timóteo capítulo 3. Encontramos uma lista do varão imperfeito e os nomes de dois personagens que Paulo nomeou, disse-lhes os nomes: Janes e Jambres. Em Exôdo capítulo 7 nós encontramos esses dois personificadores e doutrinadores resistindo a Moisés o profeta. Ao entendermos que o Velho Testamento é a sombra do Novo Testamento, Paulo os viu primeiro que Moisés, preocupando-se em apontar o dia da manifestação deles no futuro, uma vez que Moisés os enfrentou. O Novo veio primeiro. Esses dois personagens representam a resistência e as doutrinas falsas que se espalham e são fomentadas. Observe que são tão diabólicos que surgem em dois períodos: Nos dias de Moisés e nos dias de William Branham.  Quando se dá essa manifestação ?  

imperitos2 

263 Agora, há três coisas que vamos dizer antes de terminar. Este é o fim. Quero que escutem muito bem enquanto acabamos. Três coisas têm sido cumpridas. Três coisas estão ante vocês agora:

264 Primeiro: O mundo está numa condição semelhante a Sodoma. Jesus disse que sucederia. Observem a perversão: Nossas mulheres procurando portar-se como homens procurando porta-se como mulheres – efeminados, podres, sujos, vulgares, endemoniados – e não o sabem. A Bíblia disse que isso sucederia, e ali é onde está.

265 Segundo: É nessa hora segundo a Escritura que Janes e Jambres aparecem. Em segundo lugar.

266 Em terceiro lugar: É na mesma hora em que o Filho do homem há de ser revelado.

267 Ali está seu crente, seu crente fabricado, e seu incrédulo. Ali está a Palavra genuína, sendo vindicada; ali está o crente fabricado, personificando-a; e ali está o incrédulo rejeitando o assunto completamente.

 

 

Os ungidos dos últimos dias / 25 de julho de 1965

 

  Janes e Jambres representam resistência e personificação, inferimos do texto de Êxodo 7:

 

“Então, Moisés e Arão entraram a Faraó e fizeram assim como o SENHOR ordenara; e lançou Arão a sua vara diante de Faraó, e diante dos seus servos, e tornou-se em serpente. E Faraó também chamou os sábios e encantadores; e os magos do Egito fizeram também o mesmo com os seus encantamentos. Porque cada um lançou sua vara, e tornaram-se em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles”. Êxodo 7:10-12

 

A questão é que o dia final é propício para todos , quase todos, desejarem criar doutrinas e/ou interpretarem a Mensagem como desejam. O perigo está em não se encontrarem nos Planos de Deus, ou seja, Efésios 4:11. Paulo era um doutrinador.

“Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu, segundo o zelo, perseguidor da igreja; segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo”.

Filipenses 3:4-8

Janes e Jambres

 

“ Os nomes de Janes e Jambres, figuram também em mais de um lugar, em um Targum de Jônatas (Targum: Conjunto de traduções e comentários de textos bíblicos que datam do séc. VI a. C.), em um dos quais temos o seu comentário sôbre a passagem de Êxodo 1:15. Ainda o Targum do mesmo Jônatas sôbre Números 22:22, considera Janes e Jambres como os principais entre os mágicos egípios.

Em vários outros escritos cristãos primitivos, eram citados os nomes de Janes e Jambres, inclusive no evangelho apócrifo de Nicodemos em seu quinto capítulo. Orígenes faz alusão a um livro que tinha o nome deles e Plínio também faz alusão a eles ( ver História Natural xxx. 1,11).

Numênio, o filósofo, refere-se a Janes e Jambres, como escribas egípicios, famosos por seus escritos acerca das artes do ocultismo, o que os coloca na condição de professores de artes mágicas naquele tempo.

Essas informações por certo deram ao apóstolo Paulo, a conscientização necessária para considerar Janes e Jambres, como os líderes daqueles mágicos contratados por Faraó.

As considerações acima mostram que, ainda que outros conhecimentos não sejam necessáriamente fundamentais para a pregação do evangelho, se bem utilizados, podem acessorar em muito na interpretação por parte daqueles que ensinam, e para o entendimento por parte daqueles que lhes ouvem.

Por outro lado, a citação nominal do apóstolo Paulo sôbre as figuras de Janes e Jambres, pasaram a representar a personificação daqueles que usam de meios humanos ou até mesmo demoníacos para tentar desqualificar ou banalizar o extraordinário de Deus na vida dos seus servos sinceros. Aqueles que agem assim, infelizmente podem ser considerados seus discípulos”.

Fonte de consulta: Paulo de Tarso – O Maior Bandeirante do Evangelho – Huberto Rohden – Editora Martin Claret e O Novo Testamento Interpretado versículo por versículo – R.N. Champlin, Ph. D. – Editora Hagnos Ltda.

 

imperitos3 

imperitos4

 

Targum (do Hebraico תרגום , no plural targumim) é o nome dado às traduções, paráfrases e comentários em aramaico da Bíblia hebraica (Tanakh) escritas e compiladas em Israel e Babilônia, da época do Segundo Templo até o início da Idade Média, utilizadas para facilitar o entendimento aos judeus que não falavam o hebraico como língua mãe, e sim o aramaico. Os dois targumim mais conhecidos são o Targum Onkelos sobre a Torá e o Targum Jonatã ben Uziel sobre os Nevi’im (profetas). Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Targum

 

 imperitos5 

É preciso cuidado ao pregar doutrina, ao interpretar a Bíblia ou qualquer texto que requera conhecimento prévio, não o digo secular, uma vez que falamos de Deus e de coisas sobrenaturais, sim, de passagens que são por si, autoexplicativas. O PERITO  NA LEI é o ESPÍRITO SANTO.

falecom@avozdedeus.org.br

 

 

 

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -