terceira-puxada-01

O que seria se Jesus estivesse em um  Trono no Céu como querem os descrentes da Terceira Puxada ?

Quando Paulo de Tarso se encontrou com Jesus no caminho para Damasco, deu-se ele com a Coluna de Fogo, esta mesma que vemos sobre a cabeça do profeta. Literalmente e fisicamente é a mesma.

terceira-puxada-02

O questionamento teológico, caso assim possamos chamar, dá-se no seguinte ponto: a Coluna de Fogo é Jesus ? A resposta é SIM. Percebe-se que a dispensação agora coloca Jesus na forma de Coluna de Fogo, com isso o corpo do Senhor Jesus foi glorificado e o sacrifício na cruz ficou como expiação para os pecados. As mentes denominacionais dos que professam a mensagem, crêem que há Sangue literal no Céu ou em alguma parte não descrita na Bíblia. Convido os que assim crêem para que leiam João capítulo 6 no Espírito Santo e compreendam que a Carne e o Sangue do Filho do Homem respectivamente são a Palavra revelada pelo profeta de Apocalipse 10:7.

Alguns esperam a Vinda de Jesus conforme entendimento procrastinador de pseudos-ensinadores da mensagem. Observe que William Branham pregou os Selos, abertos foram no Céu pelo CORDEIRO, símbolo da expiação pelos pecados. Leia Apocalipse capítulo 5. Atente para o fato do Cordeiro ter aberto o Livro no Céu, uma vez que “O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” o fez na cruz, como sacrifício de expiação, todavia, quando João olhou viu um Leão, entenda:

Isto demonstra que as Eras da Igreja terminaram e o Leão representa julgamanto e trouxe o Livro aberto, bem entendido, para o profeta pregá-Lo em Jeffersonville naquela semana de março de 1963. O ministério do Filho do Homem estava em Jesus, em março de 1963 estava em William Branham em sua totalidade, uma vez que anjo algum pode pregar o EVANGELHO, anjo celestial, ao homem foi dado a comissão de pregar a Palavra de Deus, confira em Mateus 28: 19 com o “IDE” de Jesus. Caso Jesus esteja em um Trono no Céu, como querem os “sábios e doutos” e possuidores de feudos doutrinários, William Branham jamais foi profeta. Temos três Escrituras chaves que apontam para o irmão Branham: Malaquias 4:5-6, Lucas 17:30-37 e Apocalipse 10:7. Para os mestres que amam o nicolaísmo, ou seja, querem arregimentar o povo para si como feudo, como propriedade, é cômodo dizer que William Branham é profeta e que é uma beleza vivermos em Laodicéia, os cobres e patacas caem sobejamente nos gazofilácios de suas igrejas. Laodicéia é rica. Com seriedade e ousadia , pergunto aos senhores pastores que nos chamam de ismo: Jesus está no Céu , inerte, à espera de algo para uma Vinda apoteótica e cumprimento do Sétimo Selo ? Convenhamos irmãos, os senhores não me dirão que sim. Com tal afirmação negariam a MENSAGEM completa de William Branham.  É importante ressaltar que a política diabólica de Balaão é sinal do tempo do fim, entendamos pela Epístola de Judas:

10  Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais se corrompem.

11  Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré.

Epístola de Judas

Caminho de Caim: Caim nunca foi revelado, qual foi seu caminho ? Assassino do irmão Abel, tipo de Jesus e José.

Prêmio de Balaão: dinheiro, a trocar em miúdos, sem trocadilhos, há pastores que são profissionais da pregação, gostam de dinheiro e pregam pelo prêmio de Balaão. São falsos.

Contradição de Coré: o dicionário nos ensina que contradição é : “Diz-se que há contradição quando se afirma e se nega simultaneamente algo sobre a mesma coisa”. Há pregadores que dizem e em seguida desdizem o que falaram. Afirmam aos prantos crer na Revelação e logo negam tudo. Coré se insurgiu contra o profeta querendo ser mais que Moisés, seu fim foi trágico.

A política desvastadora de pastores é abjeta e desqualificadora. Deus chamou ministros para pregarem o Evangelho, ao contrário, pregam idéias denominacionais e se entrincheiram em convicções não apoiadas pelas Escrituras e sem respaldo do profeta. Ser líder, na Palavra de Deus, significa ser guiado pelo Espírito Santo e não por convenções estipuladas pelo dignatário “a” ou “b”. É lamentável que o Brasíl se encontre tão fracionado em tantas doutrinas que são de homens e não de Deus.  Jesus falou a Nicodemos que os adoradores fá-lo-iam em “Espírito e Verdade”, ao contrário, percebe-se o personalismo e o pietismo demagogo de muitos que se aproximam doutrinariamente de Balaão. Insisto que dêem ouvidos ao profeta e creiam nos Selos e na Terceira Puxada, este mundo caído em pedaços, como disse o profeta, não comporta mais misericórdia, a misericórdia está no coração do filho de Deus, local onde se encontra o Trono de Jesus. Palavras de William Branham.

Pr. Sérgio Ricardo

terceira-puxada-03

 falecom@avozdedeus.org.br 

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -