Image
Reverendos William Branham e O. Neville

“Naturalmente, o pastor é na realidade um sacerdote; é um intercessor”.

William Branham (21de fevereiro de 1965)

37Eu creio, e digo isto com reverência: eu creio que o Senhor tem me revelado isto, e eu — a Verdade. E se isto entrasse no meio das igrejas, isto deixaria as coisas em pedaços, o que talvez devia ser. Mas, é… eu preferiria apenas deixar os pastores — apenas deixar os pastores das igrejas obterem a fita, então deixá-los tocá-la e eles podem seguir dali para frente. Mas, eu gostaria apenas de gravar isto para lhes mostrar a real Verdade disto.

O Terceiro Êxodo (30 de junho de 1963)

O ministério pastoral sem dúvida é muito especial por se tratar do convívio direto do líder com as ovelhas. Irmão Branham sempre respeitou profundamente esse ofício antes e depois da revelação dos Sete Selos, uma vez que se findando as Eras a Bíblia não foi anulada, ao contrário, tivemos o entendimento espiritual do plano de Deus.

15E agora novamente, gostaria de dizer que neste momento, sabendo que o povo se segura em suas palavras… eles fazem assim com seu pastor e eu tenho sido um pastor; e eles se seguram nas palavras do pastor como se estivessem entre a vida e a morte. Eles tomam as palavras de seus pastores como se estivessem entre a vida e a morte. E é claro que o pastor, talvez, com tudo que ele sabe, está ensinando seu povo exatamente como lhe ensinaram no seminário. Sem dúvida que também o sacerdote, nas diversas religiões que têm sacerdotes… Naturalmente, o pastor é na realidade um sacerdote; é um intercessor. Assim, se um sacerdote em tudo que ele foi ensinado em seu – no seminário, nos monastérios, um homem com profunda sinceridade está dizendo exatamente o que lhe foi ensinado… Bem, eu não tenho nenhuma experiência de seminário ou de monastério. E não tenho nada contra isto de modo algum, porém eu tenho uma vida muito peculiar.

Casamento e divórcio (21 de fevereiro de 1965) Edição de Goiânia (VGR parágrafos 14,15 e 16).

Se o ministério pastoral acabou como crêem alguns, por que o irmão Branham pregou isso?

185Nenhum pastor pode se casar com uma viúva. Você sabia disto? Vocês querem ler isto? Está bem, procure em Levíticos – Levíticos 21:7 e Ezequiel 44:22 e isto irá lhes mostrar que os pastores (clero) não podiam se casar com uma mulher que tivesse sido tocada por homem. Este é um tipo da Noiva virgem de Jesus Cristo, porque eles lidavam com o fogo de Deus, os sacerdotes, os filhos de Arão. (Não temos tempo para ler tudo disto e sair lá pelo meio dia. Ainda temos vinte minutos.) E eram aqueles filhos de Arão que lidavam com o fogo de Deus. Então eles não podiam se casar com uma mulher que tivesse sido tocada por um outro homem. O Deus imutável disse assim. Eles não podiam se casar com uma outra mulher (e uma mulher que tivesse sido tocada por um homem), mostrando um tipo aqui, se vocês quiserem ver, que a Igreja do Deus Vivo é puramente a Palavra de Deus, sem adulteração e não uma denominação que tem sido tocada por homem!

Casamento e divórcio (21 de fevereiro de 1965) Edição de Goiânia (VGR parágrafo 221)

“Não tomarão mulher prostituta ou desonrada, nem tomarão mulher repudiada de seu marido; pois santo é a seu Deus”.

Levíticos 21:7

“E eles não se casarão nem com viúva nem com repudiada, mas tomarão virgens da linhagem da casa de Israel, ou viúva que for viúva de sacerdote”.

Ezequiel 44:22

Evidentemente o irmão Branham tinha em mente a posição sacerdotal do ministro, pastor, ao tornar como condição necessária essas duas Escrituras do Velho Testamento. A pseudo-doutrina de que não há pastores como em Hebreus 5, sacerdotes, é importada e fruto de pessoas que almejam para si a liderança não se adaptando com nenhum pastor, formam para si grupos e expondo o verdadeiro nicolaísmo, domínio por imposição humana, interpretação da própria razão carecendo de amparo Bíblico e respaldo do irmão Branham.

Pastores verdadeiros e falsos pastores

Image

Irmão Branham utiliza a expressão “sistema Aarônico” na mensagem das Eras-A Era de Éfeso no capítulo sobre A Semente do Nicolaítas, entendemos que o irmão Branham fala claramente sobre o sistema romano clerical que emergia já na Igreja primitiva, uma leitura espiritual pode identificar que homens inescrupulosos iriam querer o domínio da Igreja utilizando artimanhas como o intelecto, conhecimento secular, poder político etc. O romanismo papal se organizou desde os primeiros momentos, querendo o homem ser adorado como Deus.

Image

Claro que há crentes que também são influenciados pelo papismo romano, querem o controle sobre grupos e crêem que há pastores maiores que outros controlando-os e ameaçando-os caso não obedeçam suas decisões e determinações. Empregam o poder político e o personalismo, a Bíblia e a Mensagem são substituídas por decisões unilaterais, dúbias, corporativistas e lobbystas.  Recomendo a leitura da Mensagem A Era de éfeso em suas duas edições: Edição de Goiânia parágrafos 76 ao 84 e a edição da Voice of God páginas 73, 74, 75 e 76. Quero lembrar-lhes que essas duas edições foram traduzidas do Livro escrito pelo irmão Lee Vayle, a idéia é da inspiração do irmão Branham, mas a escrita é do irmão Vayle, claro que isso não invalida a Inspiração do Espírito Santo. Irmão Branham utiliza a expressão “Aaronic system” 21 vezes; somente duas após os Selos. Recomendo a leitura de duas em especial, uma antes dos Selos e outra após os mesmos, em inglês: The Infallible Word of God- 24, 1956 e When their eyes were opened, they knew Him-17, 1964.  O sentido da expressão não é o término do ministério pastoral.

E-24 Then in the Old Testament there were three ways they could learn whether it was God speaking or not. First was by a dreamer. First was the law. And then by a dreamer or a prophet. And then if they wanted to test that to see it was right, on the breastplate of Aaron was the light called Urim Thummim. And if a dreamer told his dream, or a prophet prophesied, and it didn't flash the lights on the Urim Thummim, that prophet was wrong.And now, under the Aaronic priesthood that Urim Thummim was gone, done away with. But under this priesthood, God in sundry times and divers manners spoke to the prophets–to the children by the prophets, but in this last day has spoke to us through His Son Christ Jesus. And this Bible is God's Urim Thummim. And if a prophet prophesies, a preacher preaches, or a dreamer dreams a dream, or something is done that don't flash on that Bible, I–I just don't go for it; that's all.

The Infallible Word of God-(06/04/1956) Ainda não traduzida

E-17 Now, in them days they had no prophets. A man was… They hadn't had prophets for hundreds of years. And so God dealt with him in a dream. A dream is a secondarily way. The right way is always through the Word first. Now, God has a way of proving whether His Word is right or not, or whether any… In the Old Testament Aaron had the twelve stones, the birthstones, on his breastplate here, and they hung it on the post in the temple.If a prophet prophesied, or a dreamer told a dream, they'd take them down to this, what is called, as the ministers would know it, the Urim Thummim. And so this, when this dreamer told his dream, or the prophet told his prophecy, and supernatural lights didn't flash over that to make the Urim Thummim, then I don't care how real it sound, it was wrong. The Urim Thummim had to witness it was right. Well, that's how the Aaronic priesthood was done away with, and the old Urim Thummim.But God still has a Urim Thummim, and that's the Word. If–if a prophet prophesies, or a dreamer dreams a dream, and it's contrary to that Word, I don't care how real it sounds, forget it. That's God's Urim Thummim. That's it. And then, it has to answer back to be true. That's God interpreting His own Word.

When their eyes were opened, they knew Him (16/04/ 1964- Não traduzida)

Image

233Agora, recordem, eu digo isto somente para o meu grupo. E para aqueles lá no ar: Estou dizendo isto somente para os meus seguidores; esta Mensagem é só para eles. E o que vou dizer aqui, qualquer pastor, ele – que são dele – ele é o pastor do rebanho; deixe-o fazer o que quiser fazer. Isso é com ele e Deus. Qualquer sacerdote, qualquer pastor, isto é com você, meu irmão. Eu somente estou falando aqui em Jeffersonville, o único lugar onde eu falaria isto, porque estes aqui são meu próprio rebanho. É o rebanho que o Espírito Santo deu a mim para entender, para eu cuidar deles. Ele me mantém como responsável por eles.

Casamento e divórcio (21 de fevereiro de 1965) Edição de Goiânia (VGR parágrafos 281,282 e 283).

Quando irmão Branham nas Eras, se refere a homens que desejam ser adorados, querem a primazia sobre outros homens de Deus, sim, eles não são pastores verdadeiros. Não precisamos das Eras para ver tais espíritos equivocados que não entendem que pastor é para liderar as ovelhas e isso será até aquele dia que entregarão o povo para o irmão Branham e esse lhes entregará a Jesus. Desde o Livro de Atos que percebemos pessoas que se apresentam como pastores sem o serem, Paulo os chama de lobos: Atos 20:27-30 Porque não me esquivei de vos anunciar todo o conselho de Deus. Cuidai, pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue. Eu sei que depois da minha partida entrarão no meio de vós lobos cruéis que não pouparão rebanho, e que dentre vós mesmos se levantarão homens, falando coisas perversas para atrair os discípulos após si”.

“Eu preguei o que Paulo pregou”

155E clamaram, todos de uma vez, disseram: “Se você não tivesse ido, nós não estaríamos Aqui.” Olhei por ali. Pensei: “Ora, não entendo.” Eu disse: “Oh, onde está Jesus? Desejo tanto vê-Lo.”156Eles disseram: “Agora, Ele está um pouquinho mais alto, bem naquela direção.” Disseram: “Algum dia Ele virá a você. Está vendo?” Disseram: “Você foi enviado para ser um líder. E Deus virá. E quando Ele vier Ele o julgará conforme o que você lhes ensinou, primeiro, se eles entram ou não. Nós entraremos de acordo com o seu ensinamento.”157Eu disse: “Oh, estou tão feliz. E, Paulo, ele tem que estar nesta posição? Pedro tem que estar nesta posição?” “Sim.”’158Eu disse: “Então eu preguei toda Palavra que eles pregaram. Eu nunca divergi Dela, de um lado a outro. Onde eles batizaram no Nome de Jesus Cristo, eu também batizei. Onde ensinaram o batismo do Espírito Santo, eu também ensinei. Tudo quanto eles ensinaram, eu também ensinei.”159E aquelas pessoas clamaram, e disseram: “Nós sabemos disso. E sabemos que vamos com você, algum dia, de volta à terra.” Disseram: “Jesus virá, e você será julgado de acordo com a Palavra que nos pregou. E então, se você for aceito nesse tempo, o que você será,” e disseram: “então você nos apresentará a Ele, como seus troféus de seu ministério.” Disseram: “Você nos guiará a Ele, e, todos juntos, voltaremos à terra, para viver eternamente.” Eu disse: “Eu tenho que retornar agora?” “Sim. Mas continue prosseguindo.”

O Rei rejeitado

Image

(O sumo Sacerdote)

Image

“Esse é o sistema Aarônico em Éfeso referido pelo profeta”

Essa “intercessão” não é correta, o romanismo tornou a figura do pastor na idéia do homem que perdoa pecados. Pastor é um líder e não um Papa. Foi colocado para ajudar e socorrer o povo não para ser adorado. De acordo com Ef. 4:11, o pastor (ou pastor-mestre) é uma das dávidas especiais de Deus para a Igreja e em I Tm.6:11 ele é chamado de “homem de Deus”. Alguns supõem que todos os crentes são igualmente chamados para este ministério, mas isto não é verdade. Deus deu “alguns” para pastores, não todos para pastores. O ofício de pastor, portanto, é um cargo sagrado e deve ser desempenhado com um cuidado escrupuloso à luz da Palavra, corretamente dividida. Com base nisto, o verdadeiro pastor é:

Um homem que reconhece claramente o fato de que Deus entregou para nossa confiança “a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério” (Rm. 16:25). O “mistério” não é meramente uma verdade que devemos manter (conservar). Paulo chamou-o de “meu evangelho” e deve ser nosso. Mesmo quando pregando das Escrituras do Velho Testamento devemos pregar Cristo – de acordo com a revelação do mistério dado a Paulo. Quando o pastor aprende a relacionar o “Velho Testamento” e os “Evangelhos” às Epístolas de Paulo, para ver a Bíblia inteira à luz das verdades estabelecidas nas Epístolas de Paulo, o seu ministério será grandemente fortalecido.

Image

Assim diz o Senhor

falecom@avozdedeus.org.br

 

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -