Em um primeiro momento pode parecer um título ousado ou inapropriado, por dois motivos: pastor João Pereira vem pregando a Terceira Puxada faz mais de 10 anos. Nós não somos os únicos que cremos na abertura da Palavra. Lembro-me que a insistência, melhor, resistência para não divulgarmos a Terceira Puxada chegou ao seu auge em maio de 2005. 

Faz 10 anos que decidimos pela Terceira Puxada

“ Tu, portanto, meu filho, fortalece-te na graça que há em Cristo Jesus. 2 O que ouviste de mim diante de muitas testemunhas, transmite a homens fiéis e capacitados a fim de que possam igualmente discipular a outros. 3 Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus”.

2ª Timóteo 2:1-3

        Em um primeiro momento pode parecer um título ousado ou inapropriado, por dois motivos: pastor João Pereira vem pregando a Terceira Puxada faz mais de 10 anos. Nós não somos os únicos que cremos na abertura da Palavra. Lembro-me que a insistência, melhor, resistência para não divulgarmos a Terceira Puxada chegou ao seu auge em maio de 2005. Por questões éticas para com os que não me tiveram o mesmo tratamento, não citarei nomes que confundiram, atrapalharam e disseminaram a dissolução em muitas partes desse país. Ora, pastor João Pereira sempre se pautou pelo respeito aos ministérios sem acepção. Particularmente não vislumbrei nos 28 anos que caminhamos juntos, qualquer tipo de proselitismo ou nicolaísmo. Vislumbrei assédio ao púlpito e ao ministério do pastor João Pereira por espíritos mal-educados, oportunistas, sem preparo espiritual, sem chamado da parte de Deus entre outras políticas de rapina. Quedaram-se frustrados, não há êxito sem Deus. Certamente e de maneira particular, testemunho que vi a empáfia, arrogância, jactância, truculência, rapinagem, mediocridade de pessoas que travestidas de ministros, ousaram impor-se contra o ministério do pastor João Pereira. Em vão. Pastor João Pereira, está em Brasília há mais de 30 anos e levantou sua igreja do alicerce, sem ajuda política ou financiamento da mesma monta. Quando me refiro ao pastor João Pereira, refiro-me a todos os oficiais da igreja: presidente, administradores, diáconos, assistentes, auxiliares, membros, amigos, enfim. Deus tem equipado tal ministério com dons: músicos, cantores, trabalhadores voluntários, tudo para alcançar o eleito e cumprir o mandamento de Mateus 28. Eu deixo meu testemunho particular que pressões quase inomináveis sofri para romper com esse homem que reputo e sempre o fiz, como meu pai na fé.  O que incomoda no ministério do pastor João Pereira? Será que pensam que Deus não está com ele? Os que se incomodam, o fazem à toa, uma vez que a causa principal dele, pastor João Pereira é pregar a Mensagem do profeta. Se Deus está com ele? Deus está em seu ministério, a prova é o povo que lhe respeita e acata seus conselhos pastorais e lhe reconhece em Efésios 4:11. Pelo pouco mais que estudei e ainda estudo, surpreendi-me ao ver heróis(?) apresentarem-se com atitudes inapropriadas aos ministérios que possuem. JAMAIS ESTIVE À VENDA, muito menos estou hoje. A Terceira Puxada é Deus em Simplicidade, Cristo- O Mistério de Deus Revelado, O Sétimo Selo, HUMILDADE. Sei de muitos pastores que sofrem por pregarem a ABERTURA DA PALAVRA, há um consolo, triunfarão. O respeito é a base de todas as relações, assim esperamos que nos tratem como fazemos com todos. Deus tem seu homem para cada local, Deus o equipa para cada local. Orgulho-me de permanecer junto do ministério que recepciona meus filhos, minha esposa, minha nora e meu neto. Esse ministério possui vindicações de Deus, esse ministério pauta-se pelo respeito ao que o profeta falou e ensinou. Pastor João Pereira desde meus 19 anos, ainda rapaz me ensinou a respeitar cada ministério mesmo que tal ministério nos persiga de uma forma ou outra. Certamente meu silêncio é uma forma de respeito. Se eu não posso ajudar, atrapalhar eu não vou. Lembro-me de uma vigília de poucos 5 irmãos que participaram, 4 jovens rapazes e o pastor João Pereira. Lá pelas tantas da madrugada, colocamos uma fita K-7 de uma pregação do amigo e nobre colega a quem também fui ensinado a amar, Wanderley Pereira de Lemos, intitulada: FLAGELO. Nessa fita, o nobre pastor de Belo Horizonte diz em certo ponto, em tom poético e também apropriado:

“A vida é uma gangorra. Você que está no alto, não deve de mim sorrir,

Pois você terá que descer quando eu tiver que subir”.

falecom@avozdedeus.org.br

Pastor Sérgio Ricardo

Mestrando em Direito

Estagiário docente em Direito (Teoria dos Direitos Fundamentais)

10anosterceirapuxada02

.

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -