Nada que começa errado pode ter um final correto, velho adágio, todavia de presença ainda hoje na vida comum das pessoas. Quando se prega a Terceira Puxada, não se prega para fomentar grupos organizados ou mesmo ministérios que mal sabem se posicionar, ou seja, nada sabem e nada viram nos SETE SELOS. O Senhor Jesus pregou por três anos e meio e entre os mais achegados estava um “diabo” chamado Judas. Posteriormente, na Terceira Puxada no ministério de Paulo, vemos e lemos ele relatar sobre Alexandre o latoeiro (ferreiro) e Demas.   

 

matcoredata

Datã, Abirão e Coré na Terceira Puxada? Não!

 

A Palavra de Deus fala em I Samuel 15:23 que “rebelião se equipara à feitiçaria”, diz o texto sagrado:

Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei”.

Nada que começa errado pode ter um final correto, velho adágio, todavia de presença ainda hoje na vida comum das pessoas. Quando se prega a Terceira Puxada, não se prega para fomentar grupos organizados ou mesmo ministérios que mal sabem se posicionar, ou seja, nada sabem e nada viram nos SETE SELOS. O Senhor Jesus pregou por três anos e meio e entre os mais achegados estava um “diabo” chamado Judas. Posteriormente, na Terceira Puxada no ministério de Paulo, vemos e lemos ele relatar sobre Alexandre o latoeiro (ferreiro) e Demas.   Observe que, na segunda Carta que Paulo escreveu a Timóteo, já por volta dos anos 66 ou 67 D.C, ele relatou que Demas o abandonou e saiu da Obra (2ª Timóteo cap. 4, vers. 10).

Alexandre, o latoeiro, foi pior que Demas! Apesar de também ter saído da Obra, ele passou a perseguir o Apóstolo Paulo, chegando a ponto de interferir na sua sentença em Roma, causando-lhe muitos males (2ª Timóteo, cap. 4, vers. 14). Mesmo assim, Paulo orou por ele e entregou o caso nas Mãos de Deus, pedindo justiça.

Feitiçarias igual a heresia

Pregar o Evangelho não significa ser cristão. Geralmente, pessoas que buscam poder como Datã, Abirão e Coré, são pessoas que pensam serem únicos e a arma para conseguir seus intentos são “falar mal” de quem já lhes estendeu a mão. Ora, ingratidão é uma característica de pessoas que se rebelam. Há pessoas que dizem possuírem revelações além daquilo que o profeta ensinou, outras sequer aceitam o que o irmão Branham disse. Grupinhos rebeldes se formam no rancor e na falta de perdão. O espírito de feitiçaria é justamente o usado por Lúcifer quando no Céu estava e procurava adeptos aos seus ensinamentos. Vemos o mundo caído em pedaços, o mundo já se foi, toda a ordem natural das coisas parece estar invertida. O que falta aos irmãos é uma simples recomendação do irmão Branham que se encontra na mensagem A MAIOR BATALHA JAMAIS PELEJADA parágrafo 54:

54 Se esta igreja agora mesmo pudesse ser formada e tecida de tal maneira que toda pessoa estivesse em um só acordo, sem nenhuma sombra de dúvida, então, dentro de cinco minutos não haveria uma só pessoa débil em nosso meio, nem haveria ninguém aqui com o desejo de receber o Espírito Santo que não fosse saciado completamente. Isso é se somente pudessem acertar essa coisa.

Rebelar-se é causar a desordem, sair do “cosmos” de Deus, da perfeição. Heresia: Esta palavra provém do vocábulo grego “hairesis” de “haoreomai”: partido ou seita, termo que no contexto eclesial significou desde a sua origem “desvio do implantado, do original”, por desvio de alguma maneira. O apóstolo Paulo de maneira categórica faz alusão ao herege, quer dizer, ao faccioso que criar divisão na igreja (também pregar outras doutrinas que não as bíblicas), a quem devemos evitar depois de ter sido admoestado por até duas vezes, pois assim perceberemos que sua atitude é voluntária, então não devemos ignora-lo, mas sim afasta-lo (1ª Coríntios 11: 19).

Os versículos dados demonstram que quem divide a igreja, por outra doutrina ou simplesmente por formar grupo deve ser repreendido e se persistir nessa atitude deve ser evitado e ou expulso, já que está sendo um pecador voluntário, tem se desviado e é condenado por seu próprio juízo (Tito 3: 10, 11; 2º Pedro 2: 1; Mateus 18: 15-17).

A heresia não é outra coisa senão o ensino do diabo desde o princípio levando o homem a escolher um caminho diferente daquele que o Criador lhe havia dado. É o ensino que leva ao homem a buscar alternativas ao caminho dado pelo Senhor.

falecom@avozdedeus.org.br

   

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -