Para escrever esse artigo, mesmo relutante, uma vez que muitos discernem mal as coisas de Deus, optei pela clareza e imparcialidade quanto ao país Estados Unidos, sabedor que tal nação é biblicamente encontrada em Apocalipse 13. Minha intenção é verificar de forma séria os acontecimentos que envolvem os Estados Unidos e seu presidente Barack Hussein Obama. 

Barack Obama, significado:

O raio que caiu do céu.

 

Para escrever esse artigo, mesmo relutante, uma vez que muitos discernem mal as coisas de Deus, optei pela clareza e imparcialidade quanto ao país Estados Unidos, sabedor que tal nação é biblicamente encontrada em Apocalipse 13. Minha intenção é verificar de forma séria os acontecimentos que envolvem os Estados Unidos e seu presidente Barack Hussein Obama. 

Vejamos esse material:

“Barack Obama – “O raio que caiu do céu”…

O Senhor Jesus pode ter revelado o nome do anticristo para nós!

Na Bíblia tem uma passagem muito interessante onde o Senhor Jesus faz a narração de “Satanás como um raio cair do céu”. O nome de Barack Obama tem ligação direta com esse significado. Estaria o Senhor Jesus, através de uma “grande dica” nos revelando o nome do anticristo? – Pode ser! – Vejamos a narração abaixo no livro de Lucas:

Lucas 10:18 – “Respondeu-lhes ele: Eu via Satanás, COMO RAIO, CAIR DO CÉU.”

O significado do nome “Barack Obama”

O nome “Barack Hussein Obama” tem suas origens no Oriente, sendo as principais, de origem hebraica e árabe. O primeiro nome “Barack” tem origem tipicamente hebraica (judaica). O segundo nome “Hussein”, mostrado na 4ª Comprovação como “…O Segundo Rei Hussein”, é tipicamente de origem árabe. O terceiro “Obama” é de origem de uma conjunção hebraica, mas muito usado na África e tido como de origem africana. O mais comumente usado e divulgado é simplesmente “Barack Obama”. O interessante é que esses dois nomes dele são de origem hebraica e tem um significado que biblicamente chama muita atenção, pois o primeiro nome “Barack” significa “raio, relâmpago” e o segundo nome hebraico “Obama” significa “das alturas”. Pela Bíblia, sabemos que “um nome” é muito valioso, principalmente o primeiro, pois “diz e reflete muita coisa da pessoa que o possui”. Um dos exemplos clássicos é o nome de “Jacó”, que significa “aquele que suplanta, que engana, que vence”, que após brigar com Deus e pedir para ser abençoado, teve o nome mudado para “Israel”, que significa “o que governa com Deus”, (confira em Significado dos nomes). Jacó teve o nome mudado para Israel se tornou pai da nação de Israel, que Deus escolheu para governar juntamente com Ele, como todos nós já sabemos. Agora, vamos analisar abaixo detalhadamente a origem do primeiro nome “Barack”:

Agora vejamos detalhadamente o significado do nome “Barack” com algumas variações em algumas regiões.

Variações do nome em Inglês: Barack: “lightning”, que traduzindo para o português é “raio, relâmpago” Confira em alguns sites em Inglês: Versão em português: Baraque: “raio, relâmpago”

OBS: Na Bíblia, “Baraque” foi um guerreiro hebreu, veja em: Juízes 4.1-24; Hebreus 11.32.

Uma outra versão em árabe: Baraka: “abençoado” – Apesar de não nos interessar para essa análise, em árabe, o nome “Barack” tem um bom significado, o suficiente para ele ser “bem visto” pelos mulçumanos do mundo árabe.”

 

In: http://www.webservos.com.br/downloads/agraa/15_cpr_os_misterios_no_nome_barack_obama.pdf   consulta feita às 19h39 do dia 29/12/14.

 barackobama-02 

O excelente sítio de internet referendado acima, fez um excelente trabalho de pesquisa e mostra a precisão dos fatos e do nome que envolvem Barack Obama. Lembre-se que Obama é filho de mãe AGNÓSTICA e pai MULÇUMANO, o que que dá uma mistura complexa e ateísta. Observe a aproximação com CUBA. Após dois governos, sua política é catastrófica em uma América Latina cheia de “republiquetas” que se dizem socialistas. Os Estados Unidos, outrora forte e impositivo, barganha com os irmãos Castro, Raul e Fidel, algum apoio.

barackobama-03 

Irmão Branham era contra o comunista Fidel Castro

“123  This boasting world of today, saying the days of miracles is past, and a Russia raising up here, storming the churches down and putting them to shame. There’s nothing in them to work for. Why is it little old Castro down there, that little devil-possessed fellow… Now, I—I know him, shook his hands and met him, and so forth, when I was there. And he talked nice to me, and everything like that; said he believed there was coming a Millennium and a Christ, and so forth, but he sold out to the devil. But what did he do? He done some good things. He did do one thing, he counterfeited all that money and started the currency new again. That’s what’s going to have to happen here one of these days, where these big hogs of whiskey ‘stillerys, and tobacco companies that can take their income tax and put it out on television out here. I know I’m talking on tapes. But let me tell you, that’s the truth, though. That’s the money that should go to the government. But they can get around it. But you start, fail to pay yours one time and see what happens. They’ll strip you down for it”.

 

“123 Este mundo se gabando de hoje, dizendo que os dias dos milagres já passaram, e uma Rússia levantando aqui, atacando as igrejas para baixo e puxando-as à vergonha. Não há nada neles para se trabalhar. Por que é esse pequeno velho Castro lá embaixo, aquele sujeitinho possuído pelo diabo … Agora, eu-eu o conheço, cumprimentei ele quando o encontrei, e assim por diante, quando eu estava lá. E ele falou boas coisas para mim, e tudo mais assim; disse acreditar que estava chegando o Millennium e  Cristo, e assim por diante, mas ele vendeu-se para o diabo. Mas o que ele fez? Ele fez algumas coisas boas. Ele tem feito uma coisa, ele falsificou todo o dinheiro e começou uma moeda novo outra vez. Isso é o que vai ter que acontecer aqui um dia desses, em que esses grandes porcos de destiladores de uísque, e as empresas de tabaco que podem tirar seu imposto de renda e colocá-lo na televisão aqui fora. Eu sei que eu estou falando em fitas. Mas deixe-me dizer-lhe, esta é a verdade, no entanto. Esse é o dinheiro que deveria ir para o governo. Mas eles podem obter em torno dele. Mas você começa, não pague seu imposto uma vez e verá o que acontece. Eles vão tira-lo para eles.

   62-0218 – Perseverance

   Rev. William Marrion Branham

   http://table.branham.org

 

215 Castro, sure, I’m against him. He’s a communist. Right. I’m against him. But he done a good thing when he changed the currency and sent the gold back, bought up the bonds and sent the gold back.

215 Castro, com certeza, eu sou contra ele. Ele é um comunista. Certo. Eu sou contra ele. Mas ele fez uma coisa boa quando ele mudou a moeda e enviou o ouro de volta, comprou os títulos e enviou o ouro de volta.

   63-0119 – The Way Of A True Prophet

   Rev. William Marrion Branham

   http://table.branham.org

Um outro excelente estudo pode ser conferido em:

“Agora David Barton, historiador de questões de fé e liberdade e do WallBuilders, elaborou uma lista de 50 ações anticristãs e antijudaicas documentadas que Obama tomou desde que assumiu a presidência, levando Barton a concluir que Barack Obama é na verdade “O presidente americano mais hostil à Bíblia que os EUA já tiveram”

“Quando observamos a falta de vontade do presidente Obama para se adaptar a quatro séculos de proteção de consciência religiosa através de suas tentativas de exigir que os católicos vão contra suas próprias doutrinas e crenças, somos tentados a dizer que ele é anticatólico”, Barton escreve. “Mas essa caracterização não seria correta. Embora tenha mirado recentemente os católicos, ele tem mirado de igual modo as tradicionais crenças protestantes”.

Barton sugere que sua lista — que inclui links para notícias da NBC, WND, do Los Angeles Times, do Christianity Today e dezenas de outras fontes — demonstra um padrão de “tratamento desrespeitoso e horroroso” para com qualquer pessoa que mantenha valores bíblicos.

“Talvez a descrição mais precisa dessa antipatia para com católicos, protestantes, judeus religiosos e a nação judaica seria caracterizá-la como ‘antibíblica’”, Barton escreve. “E então quando essa hostilidade para com pessoas que têm fé bíblica é contrastada com o seu tratamento preferencial para com os muçulmanos e nações muçulmanas, isso reforça ainda mais a precisão da descrição dele como um homem contrário à Bíblia. Na verdade, tem havido inúmeras vezes, que foram documentadas, em que suas posições pró-islamismo foram a causa de suas ações contra a Bíblia”.

Entre as 50 ações tomadas incluem-se as seguintes:

* Maio de 2009 — Obama não permitiu que o culto do Dia Nacional de Oração (um dia estabelecido por lei federal) ocorresse na Casa Branca.

* 19 de Outubro de 2010 — Obama deliberadamente começa a omitir a frase sobre “o Criador” quando cita a Declaração de Independência — uma omissão que ele cometeu em pelo menos sete ocasiões.

* Abril de 2011 — Pela primeira vez na história americana, Obama pede aprovação de uma lei antidiscriminação que não contém proteções de contratação para grupos religiosos, forçando as organizações religiosas a contratarem de acordo com mandatos federais sem levarem em conta os mandamentos de sua própria religião, eliminando assim a proteção de consciência na contratação.

* Janeiro de 2011 — Depois que uma lei federal foi aprovada permitindo a transferência do Memorial da Segunda Guerra Mundial no Deserto de Mojave para uma propriedade privada, a Suprema Corte dos EUA decidiu que a cruz no memorial poderia continuar em pé, mas o governo de Obama se recusou a permitir a transferência da terra como mandava a lei e se recusou a permitir que a cruz fosse reerguida conforme havia sido ordenado pela Suprema Corte.

* Junho de 2011 — O Departamento de Assuntos Veteranos proíbe referências a Deus e Jesus durante as cerimônias de enterro no Cemitério Nacional de Houston.

* Setembro de 2011 — As Forças Armadas divulgam normas para o Centro Médico Walter Reed estipulando que “Não são permitidos a entrega ou uso de nenhum item religioso (por exemplo, Bíblias, materiais de leitura e / ou fatos) durante uma visita”.

* Fevereiro de 2012 — As Forças Aéreas removem “Deus” do emblema do Gabinete de Capacitação Rápida (a palavra sobre o emblema em latim era: Dei).

* Fevereiro de 2011 — Obama orienta o Ministério de Justiça a parar de defender a Lei de Defesa do Casamento, que é uma lei federal.

* Maio de 2009 — Embora Obama não permita nenhum evento do Dia Nacional de Oração na Casa Branca, ele permite jantares Iftar na Casa Branca em honra ao Ramadã.

* 2010 — Embora cada governo americano tradicionalmente divulgue centenas de proclamações oficiais e declarações em numerosas ocasiões, o governo americano sob Obama evita feriados e eventos bíblicos tradicionais, mas regularmente reconhece os principais feriados muçulmanos, conforme ficou comprovado por suas declarações de 2010 no Ramadã, Eid-ul-Fitr, Hajj, e Eid-ul-Adha”.

 

In: http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/03/o-presidente-mais-hostil-biblia-que-os.html consulta feita às 20h22 do dia 29/12/14.

 

Referendamos os estudos sérios acima, para mostrar o tempo no qual vivemos. Confira nas Escrituras.

 

Pr. Sérgio Ricardo de Freitas Cruz

Graduado e mestrando em Direito

*Referências em conformidade com a Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

falecom@avozdedeus.org.br

 

Sítios de pesquisa e citações:

http://table.branham.org

http://www.webservos.com.br/downloads/agraa/15_cpr_os_misterios_no_nome_barack_obama.pdf

http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/03/o-presidente-mais-hostil-biblia-que-os.html

 

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -