Pastor João Pereira receberá irmãos e pastores nos próximos dias 17 a 19 de julho próximo. Ocasião especial para ouvirmos de Deus e termos companheirismo com a Abertura da Palavra. Nós não somos uma denominação, sempre é preciso frisarmos. 

Aos irmãos: sejam bem-vindos!

Pastor João Pereira receberá irmãos e pastores nos próximos dias 17 a 19 de julho próximo. Ocasião especial para ouvirmos de Deus e termos companheirismo com a Abertura da Palavra. Nós não somos uma denominação, sempre é preciso frisarmos. Certo é que não haverá um trono ou cadeiras de julgadores ou comissões para apreciação de pastores e suas ações. Lembro-me que em certa ocasião, fui testemunha ocular de um ato ilegal: um pastor ser julgado por três irmãos em uma reunião de pastores. Eu sinceramente não sei o caminho que Deus me faz percorrer, sei apenas que é sofrível conhecer certas coisas. Hoje, não admitiria legalmente uma situação como aquela. Um ministro só pode ser julgado por seus pares, caso haja alguém capaz de ser julgador. Essas posturas são denominacionais e igrejistas. Hoje, aos 47 anos, reputo como falso tal presunção de ministros usarem de autoridade legal, supostamente, sobre outro ministro.  O pastor João Pereira dos Santos me ensinou a não agir como nicolaíta e jamais angariar vantagem espúria. Adoeci em 2005 e ainda me recupero dos nervos após 10 anos. Ouvi o testemunho do pastor Wanderley Pereira de Lemos, testemunho envolto de uma humanidade que sempre respeitei no “colega de armas”. Por vezes, converso com o pastor João Pereira a quem reputo com “pai na fé” e de fato o é, vez que aqui cheguei com 19 anos de idade, sobre temas que percebemos, são de importância para o trabalho de Deus. O pastor João não desfalece, sempre com ânimo, nos encoraja a prosseguirmos e lutarmos o bom combate.  O profeta pregou uma mensagem a nos alertar sobre ESPÍRITOS SEDUTORES. O farisaísmo repugnante denominacional logo diz que é adultério ou algo assim. O profeta estava a falar de espíritos do inferno que chegam para dividir igrejas, atacar membros e se auto- proclamarem “salvadores da pátria”. A vida ministerial é feita de EXPERIÊNCIAS, não de sofismas e “blábláblá” retórico de qualquer monta. Revi em Campo Grande o pastor Osvaldo Nascimento e quão feliz foi para mim. Longe de querer ensinar algo a alguém, compartilho as experiências que tornam o cristianismo algo real. Quase 300 anos antes de Cristo, o velho filósofo Aristóteles, em um livro chamado “Ética a Nicômaco”, dizia: “Uma ovelha só não faz verão”.  Somos um povo livre em Cristo e não nos envergonhamos de caminhar com a Palavra Aberta a nos guiar.

bem-vindos-02

bem-vindos-03

bem-vindos-04

Recentemente fui aceito na instituição onde faço o mestrado em Direito, como assistente/docente. Caiu-me em primeira aula dirigida a um grupo de mestrandos e doutorandos, falar sobre ética e moral (jusfilosofia). Hoje, já um pouco cansado da lida com os livros, alegrei-me quando pude explicar o HOLOCAUSTO que os judeus passaram entre 1939-1945. Em duas aulas (seminários), pude falar de Cristo e Isaías 53, pois, segundo autores como Carl Schmitt e Hans Kelsen, os judeus agiram passivamente como ovelhas, ao que pude falar “aos nobres pares” sobre “A OVELHA MUDA LEVADA PERANTE OS SEUS TOSQUIADORES”. Se me compreenderam não sei. Se me compreendem, espero que sim! Em nome de Jesus Cristo e sob os auspícios do pastor João Pereira, sejam bem-vindos.    

bem-vindos-05

falecom@avozdedeus.org.br

bem-vindos-06

- Compartilhe -

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

- Artigos Recentes -